Assista como Max Holloway VENCEU José Aldo no UFC 212

“Tenho dito para vocês: essa é a era do ‘Abençoado’”. Foi com essa frase que Max Holloway encerrou sua entrevista no octógono após vencer José Aldo por nocaute técnico no terceiro round da luta principal do UFC 212, se tornando o novo campeão peso-pena do UFC.

O atleta de 25 anos, que chegou à sua 11ª vitória consecutiva no octógono, se torna, assim, o terceiro lutador a deter o cinturão linear dos penas na história do UFC, junto a Aldo e Conor McGregor.

Mas a luta que o levou ao topo não começou fácil para Holloway. No primeiro assalto, o havaiano teve dificuldade para encontrar a distância e viveu momentos de apuros quando foi encurralado pelo brasileiro e absorveu uma grande sequência de golpes.

O segundo round foi parelho, com Holloway mais solto no octógono e Aldo conectando golpes duros nos contra-ataques.

Já no terceiro assalto, o “Abençoado” mostrou todas as qualidades que o levaram ao lugar mais alto da categoria e levava ligeira vantagem quando conectou um golpe que jogou o brasileiro no chão.

O norte-americano desferiu, então, uma surra de golpes contra o brasileiro, que resistiu bravamente e tentou de todas as formas se manter no combate, mas acabou sucumbindo e perdendo por nocaute técnico.

 

Confira todos os resultados da noite:

Max Holloway venceu Jose Aldo por nocaute técnico aos 4m13s do 3º round;

Claudia Gadelha venceu Karolina Kowalkiewicz por finalização (mata-leão) aos 3m03s do 1º round;

Vitor Belfort venceu Nate Marquardt por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Paulo Borrachinha venceu Oluwale Bamgbose por nocaute técnico a 1m06s do 2º round;

Yancy Medeiros venceu Erick Silva por nocaute técnico aos 2m01s do 2º round;

Raphael Assuncao venceu Marlon Moraes por decisão dividida (28-29, 29-28, 30-27);

Antonio Carlos Junior venceu Eric Spicely por finalização (mata-leão) aos 3m49s do 2º round;

Matthew Lopez venceu Johnny Eduardo por nocaute técnico aos 2m57s do 1º round;

Brian Kelleher venceu Iuri Alcantara por finalização (guilhotina) a 1m48s do 1º round;

Viviane Pereira venceu Jamie Moyle por decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27);

Luan Chagas venceu Jim Wallhead por finalização (mata-leão) aos 4m48s do 2º round;

Deiveson Figueiredo venceu Marco Beltran por nocaute técnico ao final do 2º round.

Fonte da Notícia: www.ufc.com.br

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *