Demetrious Johnson dá show, finaliza e deixa Anderson Silva para trás no UFC

Demetrious Johnson
 Maior favorito da noite no UFC 216, Demetrious Johnson confirmou as expectativas com direito a mais um show no octógono. O Mighty Mouse finalizou Ray Borg com chave de braço, aos 3min15 do quinto round, e fez história no MMA. Ele deixou Anderson Silva para trás e manteve pela 11ª vez o cinturão peso mosca, se transformando no recordista da organização.

Demetrious Johnson e Anderson Silva estavam empatados em número de defesas de título. Mas o brasileiro, que manteve o cinturão dos médios em 10 lutas consecutivas, foi ultrapassado pelo norte-americano, imbatível na divisão até 57kg. A vítima da vez foi Ray Borg, que resistiu o quanto pôde e mostrou muita vontade. Mas isso não bastou para superar o Mighty Mouse.

Com mais um show de movimentação e muita técnica também na luta no chão, Demetrious não deu a mínima chance a Borg, que até mostrou qualidade em algumas posições. Mas a vitória era questão de tempo, e o Mighty Mouse não quis deixar para a decisão dos juízes. Com um giro sensacional, ele catou o braço do desafiante e fez muita pressão no armlock. Final de luta, 3min15, e o campeão foi aplaudido de pé pelos fãs na T-Mobile Arena.

Depois de uma autêntica aula no octógono, o Mighty Mouse teve o cinturão envolto na cintura pela 11ª vez. “Eu não estou aqui para levar pancada. Quero mostrar que posso dar um show, e foi o que eu fiz”, declarou o agora maior campeão da história do UFC, em meio aos aplausos na arena lotada. (Fonte da Notícia: www.superesportes.com.br)

 

CARD PRINCIPAL
Tony Ferguson venceu Kevin Lee por finalização aos 4m02s do R3
Demetrious Johnson venceu Ray Borg por finalização aos 3m15s do R5
Fabricio Werdum venceu Walt Harris por finalização a 1m05s do R1
Mara Romero Borella venceu Kalindra Faria por finalização aos 2m54s do R1
Beneil Dariush x Evan Dunham foi empate majoritário (29-28 Dariush, 28-28 e 28-28)

CARD PRELIMINAR
Cody Stamann venceu Tom Duquesnoy por decisão dividida (29-28, 28-29 e 30-27)
Lando Vannata e Bobby Green empataram (29-27, 27-29 e 28-28)
Poliana Botelho venceu Pearl Gonzalez por decisão unânime (triplo 30-27)
Matt Schnell venceu Marco Beltrán por decisão unânime (30-27, 29-28 e 30-27)
John Moraga venceu Magomed Bibulatov por nocaute a 1m38s do R1
Brad Tavares venceu Thales Leites por decisão unânime (30-27, 30-26 e 30-26)

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *