Em noite ruim, brasileiros perdem todas as lutas no UFC Fight Night 88

UFC Fight Night 88

Os brasileiros tiveram noite terrível no UFC no evento realizado nesse domingo, no Mandalay Bay, em Las Vegas. Todos os quatro atletas do país que competiram no UFC Fight Night 88 acabaram derrotados, incluindo dois dos protagonistas da edição: Renan Barão e Thomas Almeida.

O primeiro brasileiro a subir no octógono foi Alberto Uda. Estreante na organização, o catarinense começou bem a luta contra Jake Collier, no card preliminar, conseguindo encaixar bons golpes no clinche. No entanto, o norte-americano definiu o combate no segundo round, após acertar forte sessão de golpes, encerrando com um chute rodado que atingiu a costela de Uda: nocaute técnico.

Já no card principal, Vitor Miranda perdeu sequência invicta de três lutas no UFC. O ‘Lex Luthor’ foi dominado por Chris Camozzi e perdeu por decisão unânime dos juízes (triplo 30/27).

Na luta coprincipal da noite, Renan Barão estreou de forma frustrante no peso pena. O ex-campeão dos galos sentiu a diferença física entre as divisões e foi batido por Jeremy Stephens, por decisão unânime dos juízes (triplo 29/28).

A atração principal do UFC Fight Night reservou o duelo entre os invictos Thomas Almeida e Cody Garbrant. Considerado como a grande promessa do MMA brasileiro, o paulista de 24 anos foi atropelado pelo norte-americano na trocação e acabou nocauteado a 2min53seg do primeiro round. Com o resultado, Thominhas perdeu série de quatro triunfos no Ultimate e deve cair posições no ranking do peso galo.

Fonte da Notícia: www.superesportes.com.br

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *