Houston Cottrell de apenas 17 anos já tem a sua própria academia de Jiu-Jitsu certificada pela Gracie Jiu-Jitsu.

  Houston aparece na foto com Ryron Gracie e Rener Gracie

Faixa azul da Gracie Jiu-Jitsu, Houston Cottrell de 17 anos acabou se tornando o mais jovem instrutor certificado com o Gracie Jiu-Jitsu Academy, e agora instrutor chefe e proprietário do Gracie Jiu-Jitsu Madison, sua academia é o único centro de treinamento Gracie Academy-certificada do Mississippi.

Após ter completado um extenso programa de certificação de instrutor em julho de 2014 ele se tornou o instrutor Gracie Jiu-jitsu mais novo certificado.

Houston enfrentou ‘The Hour BJJ‘ um painel de jornalistas e instrutores de Jiu-Jitsu na faixa-preta e respondeu a todas as suas perguntas sobre por que ele decidiu abrir uma academia quando já existem outros faixas-pretas com academias na sua área.

Houston declarou:

“Eu comecei a treinar 6 anos e meio atrás na Academia Gracie em Torrance, Califórnia, e me apaixonei com o programa e queria continuar com o mesmo programa de treinamento no meu retorno para casa.”

“Somos um centro de treinamento oficial Gracie Jiu-Jitsu.”

“Há sempre um adulto em todos os momentos durante as aulas para lidar com o conflito dos alunos.”

“Meus alunos são avaliados pela academia Gracie por vídeo e promovido em pessoa.”

Quando perguntado: Por que abrir sua própria Escola de Jiu-Jitsu quando há outros faixas-pretas dando aula na sua área?

Houston Respondeu: Há da dois lados diferentes no Jiu-Jitsu: o “Jiu-Jitsu Brasileiro” e “Gracie Jiu-Jitsu”. Eles são dois estilos completamente diferentes. Eu ensino algo diferente do que as outras academias na área, existe o lado do esporte e o estilo de rua de auto defesa.

Eu não quero treinar com os faixas-pretas de Jiu-Jitsu na minha área porque não fazer o mesmo estilo de Jiu-Jitsu.

Você pode acompanhar a entrevista completa no vídeo abaixo em inglês,  ative a legenda em Português para acompanhar:

OBS: O Artigo foi traduzido pelo Google Tradutor, pode ocorrer lguns erros de tradução, para quem quiser acompanhar a Entrevista Original acesse: www.bjjee.com

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *