Jacaré recebe suspensão médica de um mês, após ser Nocauteado por Whittaker

Apenas quatro lutadores que atuaram no UFC: Johnson x Reis, realizado em Kansas City, nos EUA, no último sábado, receberam suspensões médias superiores ao tempo mínimo regulamentar de uma semana. Entre eles, somente um brasileiro: Ronaldo Jacaré. Nocauteado pelo australiano Robert Whittaker no segundo round, o peso-médio brasileiro terá de ficar 30 dias sem realizar treinos com contato físico. Os demais atletas com suspensões superiores a sete dias foram Patrick Williams e Nate Coy (30 dias cada) e Andrew Sanchez (90 dias). As informações foram cedidas pela Missouri Division of Professional Registration’s Office of Athletics, que regulamentou o evento, e divulgadas em primeira mão pelo site “MMA Junkie”.

A suspensão de três meses de Sanchez se deu por conta do nocaute sofrido diante de Anthony Smith. O lutador recebeu uma sequência de golpes duros quando já estava no chão, sem conseguir se defender. Suspenso por 30 dias, Nate Coy foi finalizado com uma guilhotina por Zak Cummings, apagando antes do árbitro interromper a luta. Já Patrick Williams foi nocauteado pelo estreante Tom Duquesnoy no segundo round, após ser duramente castigado pelo francês, que fazia sua estreia, até o último segundo do round anterior, e teve dificuldades para se dirigir ao seu córner no intervalo.

Fonte da Notícia: www.combate.com

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *