Junior Cigano: “Não quero tirar o mérito de Francis Ngannou, mas eu dei essa vitória a ele”

luta de junior cigano x francis ngannou

A derrota mais rápida da carreira, em apenas 1m11s de luta, calou fundo em Junior Cigano. O brasileiro, que foi derrotado por Francis Ngannou na luta principal do UFC Minneapolis, no último sábado, analisou o combate na entrevista coletiva após o evento, e assumiu não ter seguido a estratégia traçada por sua equipe. Com muita sinceridade, Cigano disse que sentiu que deu de presente a vitória ao camaronês.

– É difícil dizer… Eu sei que ele tem muita força. Ele acertou o golpe e acabou. Fui mais uma vítima dessa força. Na verdade, é um grande erro achar que você sabe tudo o que vai acontecer na luta. Ninguém sabe o que vai acontecer em uma luta. Esse esporte é o mais duro do mundo, especialmente o peso-pesado. Não posso dizer que a força dele me surpreendeu, e não quero tirar o mérito dele, mas eu dei essa vitória a ele quando joguei aquele overhand e fiquei próximo a ele. Eu dei a ele a chance de contra-golpear por cima do meu soco. É o que ele sempre faz. Sempre que você erra um golpe contra ele, ele contra-golpeia imediatamente. Foi o mesmo erro que eu cometi na minha última luta contra Derrick Lewis, mas nela eu consegui me recuperar e vencer. Hoje não foi assim. E esse cara, quando acerta um golpe, a luta acaba. Não segui o que estava planejado para eu fazer. O plano era me mexer e acertar socos retos para manter a distância, principalmente no começo, confira no vídeo abaixo o momento do nocaute.

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *