Mark Hunt volta a desafiar Fabricio Werdum e provoca: ‘Ele é um frango, um rato’

mark hunt x fabricio verdum

Liberado pelos médicos para voltar a lutar no Ultimate Fighting Championship, Mark Hunt desafiou Fabricio Werdum novamente. O ‘Super Samoano’ sugeriu a revanche no UFC 221, no dia 10 de fevereiro, em Perth, e disparou provocações contra o brasileiro.

“Estamos esperando Werdum dizer sim. Ele é um frango, um rato. Não sei por que Werdum não quer brincar, pois pedimos para enfrentá-lo no Japão e em Sydney, mas ele disse não. No minuto seguinte, ele recebe a luta contra Marcin Tybura e diz sim, aquele ratinho.  Ele sabe que será nocauteado. É a única razão que posso imaginar para ele recusar a luta”, declarou o neozelandês, em entrevista ao site Sporting News.

Fabricio Werdum foi o substituto de Mark Hunt no UFC em Sydney, no mês passado, e venceu Marcin Tybura, por decisão unânime. O neozelandês foi retirado do card contra a vontade própria após relatar seqüelas em relação a traumas na cabeça. Ele passou por bateria de exames em Las Vegas e foi declarado apto a voltar ao octógono, na semana passada.

Werdum e Hunt se enfrentaram no UFC em 2014, em duelo valendo o título interino do peso pesado, na Cidade do México.O combate terminou com triunfo por nocaute do ‘Vai Cavalo’ – posteriormente conquistou o título linear ao bater Cain Velasquez, mas o perdeu na primeira defesa, para Stipe Miocic, ainda campeão da categoria. O ‘Super Samoano’ garante que o desfecho da revanche será completamente diferente e mira a vitória como trunfo para ganhar o title shot.

“Ele me pegou no México, mas eu duvido que será assim na próxima vez. Eu tive apenas três semanas de antecedência para aquela luta e tive de perder 21kg. Mesmo assim, eu estava dando uma aula, até que ele teve a sorte de me acertar com aquela joelhada. Eu não quero ficar parado para sempre e preciso de um cara top. È a minha última chance de conquistar o cinturão. Espero que me deem alguém do top 10, e Werdum é o único disponível. Cain luta há muito tempo. Alistair Overeem ainda está procurando por sua alma após ser mandado para fora do universo com um uppercut de Francis Ngannou, que recebeu a luta pelo cinturão. Se eu venceu Werdum, serei o próximo da fila. Eu seria campeão no próximo ano, mas só falta fazer Werdum dizer sim”, ressaltou. (Fonte da Notícia: www.superesportes.com.br)

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *