Max Holloway nocauteia Pettis e é o novo Campeão Interino dos Pesos-Pena

01

Imparável. O havaiano Max Holloway conquistou na noite do último sábado sua décima vitória consecutiva dentro do octógono ao nocautear Anthony Pettis no terceiro assalto da luta principal do UFC 206, e conquistou o cinturão interino dos pesos-pena, além do direito de enfrentar o detentor do título linear, o brasileiro José Aldo.

O combate começou equilibrado e teve um primeiro round parelho, mas, a partir do segundo assalto, o “Abençoado” passou a se destacar. Ele contou ainda com uma lesão na mão direita sofrida por Pettis, que limitou seus ataques.

Após o evento, Holloway já propôs uma data para enfrentar o brasileiro José Aldo pela unificação dos cinturões: “Cadê o Aldo? Eu e você em Brooklyn, quero o cinturão de verdade”, disse o lutador, citando a cidade que receberá o UFC 208, dia 11 de fevereiro.

Confira os resultados completos:

Max Holloway venceu Anthony Pettis por nocaute técnico aos 4m50s do 3º round;

Donald Cerrone venceu Matt Brown por nocaute aos 44s do 3º round;

Cub Swanson venceu Dooho Choi por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28);

Kelvin Gastelum venceu Tim Kennedy por nocaute técnico aos 2m45s do 3º round;

Emil Meek venceu Jordan Mein por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Misha Cirkunov venceu Nikita Krylov por finalização (guilhotina) aos 4m38s do 1º round;

Olivier Aubin-Mercier venceu Drew Dober por finalização (mata-leão) aos 2m57s do 2º round;

Viviane Pereira venceu Valerie Letourneau por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

Matthew Lopez venceu Mitch Gagnon por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-27);

Lando Vannata venceu John Makdessi por nocaute a 1m40s do 1º round;

Rustam Khabilov venceu Jason Saggo por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27);

Dustin Ortiz venceu Zach Makovsky por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

Fonte da Notícia: www.ufc.com.br

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *