Não quero ser aquele Cara do QUAZE, diz Anthony Johnson

Um obcecado. Anthony Johnson não pensa em outra coisa que não seja o cinturão dos meio-pesados. Com três vitórias por nocaute nos últimos três compromissos no Ultimate, o “Rumble” quer apagar definitivamente a derrota para Daniel Cormier no UFC 187, quando viu esvair a primeira chance de ficar com o título da categoria. E a chance de mudar essa história está agendada para o próximo sábado.

“Conquistar o cinturão vai colocar as coisas em ordem pra mim. Mentalmente, isso se tornou uma obsessão. Ser campeão é o objetivo final para lutadores e atletas. Ser o melhor, o campeão. Não quero ser visto como aquele cara que ‘quase foi campeão‘, como aquele de quem as pessoas falam que poderia ou deveria ter sido isso ou aquilo, Quero ser o cara que as pessoas digam que ‘conseguiu'”, afirmou Johnson.

Depois que sucumbiu diante de Cormier, em maio de 2015, Johnson mostrou sua melhor faceta dentro do Ultimate. Não deu chances para os seus três rivais posteriores – Jimi Manuwa, Ryan Bader e Glover Teixeira –, o que lhe garante credenciais suficientes para pleitear o cinturão. “Definitivamente não sou o mesmo lutador de dois anos atrás. Melhorei a cada dia depois daquela luta, e vocês verão um cara diferente quando eu subir no octógono. Sei que preciso vencer esse cara.

Fonte da Notícia: www.ufc.com.br

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *