O que o Jiu-Jitsu Representa para Você? Deixe seu depoimento.

Família de Tatame

Esse esporte que a cada dia tem se popularizando mais e mais, tem algo muito diferente de todos os outros, o Jiu-Jitsu forma harmonia, concentração, amizade, respeito, dedicação, família, são alguns adjetivos que gostaria de destacar.

Lembro de quando iniciei em 2011 vindo de uma depressão acabei conhecendo o jiu-jitsu que de inicio parecia um esporte bruto, mais após a primeira aula percebi que estava completamente errado, vi que dentro do Tatame existe uma camaradagem, um circulo de família, onde as pessoas acabam um se preocupando com o outro, e todos treinando para se aperfeiçoar, me apaixonei por essa “Arte Suave” hoje com 3 anos de Jiu-Jitsu vejo como ele me fez uma pessoa mais segura, mais concentrado, como aumentou o meu circulo de amizade e conquistei amigos de verdade que viraram irmãos.

De vários momentos que passamos com a nossa “Família de Tatame” vemos pessoas indo e vindo, pessoas que permaneceram e pessoas que não voltam mais, mais uma coisa é certa as lembranças que vivemos juntos não tem preço, os momentos em competição de muita tensão dês da preparação nos treinos, ajustando e melhorando o jogo, o drama de uma contusão, os estreses do dia que não deixa aquele que ama esse esporte faltar um dia de treino esse esporte é único.

Outro ponto de gostaria de levantar é o “respeito” dentro do Tatame, aprendemos que respeito está acima de tudo, homem e mulher, criança e idoso, sem preconceitos, sem descriminação todos se respeitando e aprendendo junto em uma harmonia fantástica.

Quem tiver vontade de relatar algum depoimento fique a vontade use o espaço abaixo que aos poucos vamos liberando e postando nas redes sociais para compartilhar sua historia.

4 pensamentos sobre “O que o Jiu-Jitsu Representa para Você? Deixe seu depoimento.

  1. O jiu , me ajudou muito .. Me deu disciplina & respeito ! Estava num momento de sedentarismo , e não achava saída para tal coisa . Foi ai que eu fui assistir a uma aula de MMA e comecei a me interessar . E assim foi surgindo um amor imenso , pois no meu tatame .. Eu controlo minha raiva , libero energias negativas & busco sair de alma limpa ! Jiujitsu é vida . Já pensei varias & varias vezes em desistir , mas pisavq na “minha cama” rs e esse pensamento ia embora .. Meu lema da arte suave é : Jiujiteira sem conteúdo , não é uma jiujiteira ‘ & que muitos saibam amar & respeitar , e gostar a arte .. Assim como eu ! Pois o jiu , muitos procuram fazer , mas só os fortes vão até o final .. Oss

  2. O Jiu Jitsu mudou completamente o rumo da minha vida , eu antes de praticar a arte suave eu tinha crises de convulsões tive muitas umas 9 ou 10 , mas depois que entrei para o jiu jitsu meu corpo mudou minha vida mudou e o jiu jitsu foi muito importante para o meu tratamento eu pratico jiu jitsu a exatamente 8 meses e não tenho crises a exatamente 8 meses , antes eu tinha crises de 20 em 20 dias , esse é meu testemunho muita gente na minha academia aqui na Paraiba , Academia Hikari Sousa me vê como um exemplo de superação !

  3. Sempre fui apaixonada pelo Jiu jitsu, mas meus pais nunca permitiram que eu fizesse. Eles eram do tempo em que menina fazia ballet e menino judô.
    Mas eu sempre acreditei que um dia iria fazer. Não importa a idade que eu tivesse. Mas o tempo foi passando,…… Trabalho, casamento, filhos e o sonho cada vez mais longe. Consegui realizar meu sonho quando fiz 40 anos. Nunca é tarde para corrermos atrás daquilo que tanto queremos.

  4. Minha filha Sophia Abranches é portadora e uma doença crônica chamada AIJ Oligoarticular, doença
    Reumatologica que limitada os movimentos quando está em crise ,
    apenas 8 anos se aposentou pelo Inss , hoje com 13 anos depois de um convite de seu mestre Renato Batista , há 7 meses luta jiujitsu já foi terceira colocada Brasileiro Cbjje e vice campeã mundial Cbjje, mas o maior prêmio no exames médicos, em 05 anos da descoberta da doença seu exames nunca foram tão perfeitosimples como agora depois do jiujitsu em sua vida !!!

Deixe uma resposta para Andreza Abranches Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *