ONE FC bane desidratação, e atletas terão que lutar com seu peso normal

ONE FC

A discussão envolvendo o sistema de perda e recuperação de peso dos atletas de MMA ganhou nesta quarta-feira um fator da maior importância. O ONE FC, maior torneio asiático da modalidade, anunciou uma mudança completa nas regras de aferição e recuperação de peso dos seus contratados. Em um comunicado publicado no site oficial do evento, o ONE FC afirma que baniu de seus eventos o corte de peso por desidratação, e instituiu um novo conjunto de regras para controlar os procedimentos referentes ao peso dos lutadores. A principal dessas regras é que os lutadores deverão atuar com os seus pesos normais, e esses pesos serão aferidos com pesagens durante todo o ano, sendo a última feita apenas três horas antes do atleta subir ao ringue.

Para garantir a confiabilidade das suas medições, o ONE adotou um sistema de rastreamento constante do peso dos seus atletas, que funcionará durante todo o período de contrato dos lutadores com o evento. Segundo Victor Cui, CEO do ONE FC, essa decisão colocará o evento na vanguarda do MMA, além de preservar a saúde e a integridade física de seus contratados.

– O ONE FC construiu suas bases na Ásia se colocando na vanguarda do desenvolvimento e das inovações no esporte. Banir o corte de peso através da desidratação nos põe na liderança global dos padrões de segurança dos atletas profissionais de MMA. Acreditamos que, através da implementação deste novo programa de pesagem, nossos atletas serão beneficiados com condições de vida mais seguras e saudáveis, dentro e fora do octógono. Convido as outras duas grandes organizações mundiais de MMA, o Bellator e o UFC, a seguir nossos passos no sentido de proteger os atletas, eliminando a desidratação do processo de corte de peso. Vale lembrar que o nosso novo sistema foi desenvolvido seguindo as orientações dos nossos conselheiros técnicos e da equipe médica.

O novo programa de aferição e controle de peso dos atletas do ONE FC será válido a partir de janeiro de 2016.

Fonte da Notícia: Globo.com

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *