Renan Barão decide retornar ao peso galo do UFC para recuperar o cinturão

Depois de duas lutas nos penas (até 66kg), Renan Barão decidiu retornar à divisão dos galos (até 61,2kg), pela qual já conquistou o cinturão do UFC. O potiguar, que teve um triunfo e uma derrota na categoria de cima, preferiu focar na reconquista do título no peso anterior. A informação foi confirmada pelo treinador do brasileiro, André Pederneiras, líder da academia Nova União.

Ao deixar os galos e mudar para os penas, a preocupação de Barão era com o peso, já que ele vinha tendo dificuldade para bater os 61kg, como no duelo contra TJ Dillashaw, em 2014. O potiguar passou mal antes da pesagem e acabou vetado, sendo substituído por Joe Soto na luta pelo cinturão contra o antigo algoz.

André Pederneiras disse que Renan Barão já começou uma dieta para controlar o peso e não ter problemas para lutar novamente nos galos. “Ele tem treinado nos EUA e tem conseguido manter a dieta, diferente do que aconteceu nas últimas vezes, quando ele ia para Natal faltando três meses para a luta e comia de tudo. Lá nos EUA ele está treinando bem leve”, explicou o treinador, em entrevista ao UOL Esporte.

Barão, de 30 anos, começou a carreira lutando como peso pena, mas foi na divisão dos galos que ele viveu a melhor fase. No UFC, conquistou o cinturão interino, em 2012, batendo Urijah Faber, e depois foi proclamado campeão linear devido a uma lesão de Dominick Cruz. O potiguar perdeu o título para TJ Dillashaw e tentou recuperá-lo em revanche, sem sucesso.

Depois de nova derrota para Dillashaw, Renan Barão subiu para os penas e teve duas lutas. Perdeu para Jeremy Stephens, por decisão unânime, em maio de 2016, e se reabilitou diante de Phillipe Nover, em setembro do mesmo ano, em Brasília, ganhando por pontos. O que também pode ter influenciado na decisão do potiguar de retornar aos galos é o fato de o companheiro de treinos na Nova União, José Aldo, ser o campeão da divisão até 66kg.

Fonte da notícia: www.superesportes.com.br

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *