Treinador de Ronda elogia Holm, mas não vê adversária melhor na trocação

ronda

Ronda Rousey entrou no octógono determinada a caçar Holly Holm. Contudo, o excesso de vontade foi contra a americana, que foi minada pela adversária e acabou sendo nocauteada com um chute na cabeça. Mesmo com a frustração pelo fato da atleta não ter mantido o cinturão do peso-galo do UFC, Edmond Tarverdyan, treinador de “Rowdy”, não viu uma supremacia da nova campeã da categoria.

Em entrevista a “ESPN”, Tarverdyan afirmou que Ronda manteve a estratégia de sempre, destacou o bom trabalho de Holm nas defesas de queda, mas destacou que a adversária não foi muito superior na luta em pé.

– Eu não diria que ela estava melhor do que a Ronda na trocação, mas eu tenho que ver novamente. Sabemos que não foi uma luta de trocação, Ronda é inteligente o bastante para levar o combate para onde está acostumada e foi isso que ela tentou. Holly saiu da tentativa de chave de braço e defendeu algumas quedas. Ela fez um bom trabalho.

Edmond ainda revelou a conversa pós-luta com a lutadora. Segundo o treinador, Ronda chegou a se desculpar, mas foi logo consolada. O futuro, no entanto, é planejado com calma.

– (Ronda) Pediu desculpas a mim, e eu disse a ela que ainda era a melhor e que vamos falar das próximas metas depois que ela descansar. Certamente a garota precisa de repouso. Não é fácil lidar com tudo que ela tem lidado. Precisa de tempo para descansar, depois disso vamos decidir o que é melhor para a carreira dela.

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *