Tyron Woodley vence Demian Mai por pontos e mantém título. (MELHORES MOMENTOS VÍDEO)

Demian Maia insistiu, buscou o jogo das quedas para usar o jiu-jitsu, foi valente e resistiu à mão pesada do campeão, mas não conseguiu superar Tyron Woodley e conquistar mais um cinturão para o Brasil. O americano soltou mais golpes na luta em pé e foi declarado vencedor por decisão unânime: 50-45, 49-46 e 49-46. Com isso, frustrou o sonho do paulista em faturar o título na divisão dos meio-médios.

Foi a terceira defesa de cinturão bem sucedida de Woodley, que vencera Stephen Thompson, em março deste ano – o primeiro duelo entre eles terminou empatado. O ‘Chosen One’, como é chamado, se vangloriou de ter superado dois perigosos desafiantes, especialistas em áreas diferentes. “Eu sou o melhor do mundo, enfrentei especialistas em lutas seguidas. Poderia ter lutado mais dois rounds, estou me sentindo forte”, disse o campeão, em meio a vaias dos fãs que esperavam mais atitude no octógono.

Confira os resultados do UFC 214:

CARD PRINCIPAL:
Jon Jones venceu Daniel Cormier por nocaute técnico aos 3m01s do R3
Tyron Woodley venceu Demian Maia por decisão unânime
Cris Cyborg venceu Tonya Evinger por nocaute técnico a 1m56s do R3
Robbie Lawler venceu Donald Cerrone por decisão unânime (triplo 29-28)
Volkan Oezdemir venceu Jimi Manuwa por nocaute aos 42s do R1

CARD PRELIMINAR:
Ricardo Lamas venceu Jason Knight por nocaute técnico aos 4m34s do R1
Aljamain Sterling venceu Renan Barão por decisão unânime (29-27, 29-28, 30-26)
Brian Ortega venceu Renato Moicano por finalização aos 2m59s do R3
Calvin Kattar venceu Andre Fili por decisão unânime (triplo 30-27)
Alexandra Albu venceu Kailin Curran por decisão unânime (triplo 29-28)
Jarred Brooks venceu Eric Shelton por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Drew Dober venceu Josh Burkman por nocaute aos 3m04s do R1

Comentários facebook :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *