Stipe Miocic reclama por não ter recebido revanche imediata pelo cinturão do peso-pesado

Ex-campeão peso-pesado do UFC e recordista de defesas de título na divisão, Stipe Miocic foi destronado pelo camaronês Francis Ngannou, em março, ao ser nocauteado no segundo round. E, apesar do revés avassalador, o americano acreditava que, devido ao seu histórico, receberia a revanche imediata. O Ultimate, porém, optou por criar um cinturão interino, a ser disputado entre Ciryl Gane e Derrick Lewis, dia 7 de agosto, no UFC 265, para definir o próximo desafiante, irritando o ex-detentor do título.

– Eu não deveria ter que esperar por um vencedor. Tenho a maior quantidade de defesas de título dos pesados em todos os tempos. Estou 1 a 1 (com Ngannou), mas o Cormier recebeu revanches imediatas contra mim – escreveu Miocic no Instagram, se referindo aos três embates seguidos com “DC”.

Insatisfeito, Stipe Miocic teria interesse em atuar pelo One Championship, maior evento de MMA do continente asiático. Pelo menos, foi o que deu a entender ao responder com emojis pensativos ao post do presidente da franquia, Chatri Sityodtong, que perguntou aos seguidores quem eles gostariam de ver no evento.

Aos 37 anos, Stipe Miocic se tornou campeão do peso-pesado em 2016 ao nocautear Fabrício Werdum, no UFC Curitiba, e defendeu o posto diante de Alistair Overeem, Junior Cigano e Francis Ngannou. Ele chegou a perder o título (em 2018) e a retomá-lo (em 2020) ao longo da trilogia contra Cormier, porém, em sua última apresentação, foi destronado por Ngannou.

Fonte da Notícia: www.combate.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *